Na nossa passagem por Cusco soubemos que havia um ônibus chamado Wonder Peru que fazia o percurso diurno parando em algumas atrações no caminho. Decidimos arriscar, e não é que gostamos muito?!

Aqui vão nossas razões pra achar bem interessante viajar com a Wonder Perú:

– Conhecemos vários lugares que não conheceríamos se tivéssemos feito o percurso direto para Puno – uma região aliás que super indicamos. Existem pontos de parada bem interessantes na travessia: Andahuaylillas, Raqchi, La Raya e Pucará.

– A igreja San Pedro de Andahuaylillas é conhecida como a capela Sistina da América. Datada do séc XVI, é lotada de afrescos e adornos. Os entornos da capela também são bem legais, de um lado o Museu de Ritos Andinos e uma feirinha de artesanatos, do outro lado, os jardins da igreja e a loja da capela com vários artigos da região.

– Raqchi foi uma das cidades incaicas que super gostamos, pois é diferente de todas as outras em sua estrutura, algumas construções contam com colunas redondas de sustentação e paredes com com um estilo arquitetônico que não vimos em outros lugares. A cidadezinha na entrada do sítio arqueológico Inca é super pitoresca, vimos cenas do cotidiano andino que vão ficar na memória!

– Pucará foi outro ponto bem interessante, lá descobrimos de onde e como nasceu a lenda dos Toritos de Pucará – super usados como proteção das casas andinas (fizemos uma matéria anterior contando…)

– As Montanhas de La Raya dividem as regiões de Cusco e Puno, a primeira super montanhosa e a segunda extremamente plana levando o nome de “altiplano”. O visual é impressionante, as gigantes cordilheiras pontiagudas que recheiam o visual de repente somem na paisagem. O ônibus faz uma parada em um dos pontos de maior altitude do trajeto… é de tirar o fôlego. Aqui todos disparam muitas fotos antes do cenário se tornar absolutamente plano. É uma mudança radical e de geografia incrível.

– A viagem foi bem agradável, contando sempre com água, chás e refrigerante a bordo e a parada para almoço é honesta. O guia passou praticamente todo o trajeto dando informações interessantes e a equipe Wonder foi bem educada com o grupo.

– Um dos pontos mais importantes pra nós foi evitar as viagens noturnas com a Cruz del Sur, empresa de ônibus que foi indicada como uma das melhores do país. Para nós, um pesadelo. Fizemos 2 trajetos com eles e em ambos nos sentimos super vulneráveis. Os motoristas voaram nas pistas sinuosas de mão dupla fazendo com que o alerta de velocidade máxima do ônibus tocasse a noite inteira, não dormimos nada… um horror. As ultrapassagens em curvas perigosas também foram inúmeras. Pode ter sido apenas uma coincidência, mas os 2 motoristas que pegamos foram bem loucos, portanto, não indicamos a Cruz del Sur. Melhor comprar antecipadamente voos internos ou até fechar um valor com um taxista – os preços são muito menores do que os praticados no Brasil e para muitos trajetos vale a pena! No caso do trecho Cusco – Puno, super curtimos a Wonder Peru e o motorista foi bem cuidadoso no trajeto! Enfim tivemos paz, cultura e curtição.

A região de Puno é demais, escrevemos vários posts sobre o que vimos e vivemos por lá. Ficamos um tempo sem escrever justamente para organizar nosso site e preparar espaço para subir as matérias da Expedição Perú, assim vai ficar mais fácil consultar todo o material que produzimos. A nova home já está no ar e já já nossos 3 projetos estarão integralizados no mesmo portal! Esperamos que gostem das mudanças.

Abraços e beijos Luah e Dan

685 Response Comments

You can post first response comment.

Leave A Comment

Please enter your name. Please enter an valid email address. Please enter message.

You may also like