Esse é Catcho, um argentino super gente boa que vive perto das Missões, fronteira com o Brasil. Trabalha como secretário no tribunal de justiça local. Fazer o Caminho de Santiago era pra ele um sonho super antigo.

Desde jovem queria encarar essa aventura. Faz 4 anos resolveu que já era hora de tirar seu desejo do mundo das ideias e começou à concretizar a viagem junto com um companheiro de trabalho – secretário no mesmo departamento. Junho de 2014 era a data escolhida para a longa travessia!

Disse que contaram com todo o apoio do pessoal do tribunal, que apoiou a saída dos 2 secretários ao mesmo tempo. Mas a parte mais dura estava por vir. Sentia que precisava treinar sua resistência e preparo físico, caso contrário corria o risco de não aguentar a caminhada. Oito meses antes da viagem, Catcho tomou uma decisão: mudou sua rotina e começou a fazer um treino intensivo, andando de 10 a 15 km por dia com uma mochila nas costas. O mais interessante foi como…

Passou a acordar todo santo dia às 4:30 da matina, e ao sair enchia sua mochila com cópias e mais cópias dos expedientes do trabalho, até que completassem mais ou menos o peso que iria levar para a jornada. Via o dia amanhecer subindo e descendo colinas ao redor da sua cidade. Com chuva ou sol lá estava Catcho caminhando, caminhando e caminhando…

Voltava, tomava um banho, colocava a gravata e ia trabalhar. Contou que o segredo para aguentar esses 8 meses tão puxados foi aumentar um pouquinho a sesta depois do almoço. Um pouco antes do embarque, um amigo veterinário se juntou ao grupo e os 3 partiram para realizar o Caminho.

Conhecemos Catcho em um vilarejo antes de Puente la Reina. Ele tinha se perdido de seus amigos quando se juntou à nós para caminhar. Conversamos bastante durante alguns quilômetros, fizemos companhia mútua e depois cada um seguiu seu caminho, como é bastante comum na jornada…

Puente la Reina ficou pra trás, mas a imagem de Catcho caminhando pela madrugada com as cópias do escritório nas costas vem sempre à nossa mente… Taí uma pessoa que com determinação, não se deixou vencer pelo tempo e colocou em prática o antigo sonho de juventude. A hora sempre pode ser agora para os sonhadores, não importando os desafios que tenham que enfrentar para que o sonho se transforme em uma bela realidade… E assim é o Caminho.

Ultreya!!

455 Response Comments

You can post first response comment.

Leave A Comment

Please enter your name. Please enter an valid email address. Please enter message.

You may also like