Walk and Talk | O que te motiva?

Parque Nacional Sierra de Las Quijadas – Argentina | Matéria na Revista Rota Leste

Depois da nossa chegada ao Brasil em março de 2013, uma curiosa crise de abstinência pelo “novo” começou a apertar no nosso peito e isso foi aumentando mês a mês. Começamos então a buscar na internet por promoções ou tarifas especiais para alguns destinos próximos ao Brasil, para dar aquela escapada novamente. Depois de muita pesquisa e um tanto de milhas que nos restou da volta ao mundo conseguimos emitir nossos voos para a Argentina.

Ainda mais importante que os preços que encontramos foi o estímulo de um casal de amigos que vive em Buenos Aires. Ana e Gastón nos convidaram para passar uns dias na casa deles e se conseguissem tirar umas folgas viajariam conosco para a região de Córdoba, que ainda não conheciam. Só para explicar melhor como nos conhecemos, os dois era executivos e largaram tudo para viajar por mais de um ano partindo da Argentina e visitaram toda a América Latina e América Central. Foi em El Remate, na Guatemala, que nossos caminhos se cruzaram e a empatia foi tanta que viajamos mais de um mês juntos até chegar no México onde cada casal seguiu viagem para lugares distintos.

Apesar de eu e a Luah já conhecermos Buenos Aires, essa viagem teria tudo para ser diferente, primeiro por reencontrar os amigos e segundo pois alí seria apenas o ponto de partida para explorar mais o interior do país!

Foi assim que começou a viagem que depois batizamos de “Argentina 4000Km”.

Argentina 4k Logo Alta

Pois foi a quantidade de quilômetros que rodamos país adentro com o carro que alugamos. Visitamos lados opostos do país, como as regiões de Mendoza, Córdoba, Rosário, São Luís, Traslasierra, Andes, etc…

E para começar a série de posts que faremos sobre essa pequena-grande aventura, vou começar compartilhando a matéria que a Luah escreveu para a Revista Rota Leste sobre o Parque Nacional Sierra de las Quijadas!

Danilo España.

Sierra de Las Quijadas Rota Leste

A Argentina é certamente um país polifacetado. Não temos essa dimensão antes de iniciar jornadas mais longas do que a tradicional rota Brasil – Buenos Aires. Já faz uns bons anos que nós brasileiros inundamos a capital federal que destino dos recém casados, das celebrações, dos negócios, das compras e daqueles que buscam finais de semana com charme.

Sierra de Las Quijadas Rota Leste 1

Um olhar mais apurado faz inúmeras leituras da cidade que pode ser degustada através de sua belíssima arquitetura, de seu verde abundante espalhado por todos os cantos, através de sua requintada gastronomia, dos vinhos em produção crescente, de seus bairros típicos como San Telmo, Recoleta, Palermo, La Boca… Mas para aqueles que acham que a Argentina se resume à Buenos Aires, não sabem as inúmeras riquezas que estão espalhadas país afora.

Recentemente fizemos uma expedição de mais de 4 mil km por diversas províncias e regiões, lugares que mostraram que assim como o Brasil, a Argentina surpreendentemente também é uma pátria de muitos países. Em alguns momentos parece estarmos no interior da França, no deserto norte-americano, em Stonehenge, Suíça, Campos do Jordão ou talvez na Lua. Cada imagem nos remete à um lugar e todos os lugares são caminhos da mesma Argentina. Exploramos diversos pontos ainda pouco visitados e nessa matéria trouxemos uma das pérolas encontradas: O Parque nacional Sierra de las Quijadas, um lugar que nos transporta para os cenários de velho oeste ou para lua, como disse acima.

Pra começar o parque está situado em meio ao nada, numa enorme planície onde a única formação que altera a paisagem reta e árida é a Sierra de las Quijadas. O ingresso ao parque acontece depois de 8 quilômetros da rodovia mais próxima e revela na arquitetura de sua entrada o “tom” do que será visto em seu interior. O clima seco e desértico se anuncia através dos marrons, vermelhos e dourados da terra sobreposta durante séculos e mais séculos. A vegetação rasteira e suas inúmeras espécies de cactus cobrem parte da paisagem, mas não o suficiente para encobrir os gigantescos paredões que formam esse grande anfiteatro natural.

Sierra de Las Quijadas Rota Leste 2

Não é difícil imaginar que o gigante vale rodeado pelos canyons possa um dia ter sido um lago. A formação de Las Quijadas é algo único e raro, difícil de ser explicado em palavras. O parque é ao mesmo tempo um sítio arqueológico e paleontológico, uma vez que a terra exposta em diversas camadas revela sua história. Não faz muito tempo foram encontrados fósseis de pterossáuros; uma extinta classe de répteis alados do período Mesozóico que habitavam a região.

Mesmo situado em uma zona bem árida, o parque nacional possui uma fauna abundante que pode ser facilmente avistada. Entre as espécies estão o puma, o gato e raposa cinzenta, a tartaruga terrestre, o falcão, o condor andino e a águia coroada.

O local proporciona circuitos menores onde os turistas podem fazer suas caminhadas sozinhos e circuitos maiores somente permitidos com o auxílio de guias especializados. As caminhadas menores contornam os canyons pela parte superior e as rotas guiadas fazem também os percursos pela parte baixa, onde estão situados os fósseis pre-históricos. Para os amantes da fotografia e da vida ao ar livre, o Parque Nacional Sierra de Las Quijadas é um excelente cenário à ser desvendado.

Sierra de Las Quijadas Rota Leste 4

Mas a província de San Luis, região onde fica o parque, tem outras atrações que valem a viagem. Nossa dica para aqueles que querem desbravar esse destino é programar uma parada de uns 3 dias em um dos pitorescos vilarejos turísticos: Potrero de los Funes – onde ficamos e indicamos, El Trapiche, Estancia Grande ou outra das pequenas cidadezinhas próximas à San Luis – capital da província. À partir desses lugares é possível programar um tour especializado em Las Quijadas ou chegar ao o parque de carro como nós fizemos. De San Luis até o destino são aproximadamente 120 km de estradas retas em ótima conservação e sinalização.

Para chegar à província de San Luis existem ônibus e vôos que partem de várias localidades da Argentina. Outra opção é fazer uma viagem de carro com paradas programadas partindo de Buenos Aires em direção à Rosário – opção que leva tempo, interessante para os que tem mais tempo para desbravar o país.

A Argentina tem muitos caminhos, muito mais do que imaginamos à distância. Vale a pena percorrê-los para conhecer as inúmeras surpresas e cenários que esse nosso vizinho tem à revelar.

Sierra de Las Quijadas Rota Leste 5

Texto Luah Galvão

Fotos Danilo España e Luah Galvão

...

Comments are closed.