Walk and Talk | O que te motiva?

Desenvolvendo talentos da nova geração

Walk and Talk em Workshop na Fundação Julita

Os alunos da Fundação Julita pediram e voltamos para mais um ciclo de aprendizado!! Ao invés de palestra, dessa vez fizemos um workshop de 4 horas de duração focado em desenvolvimento de talentos. A Fundação auxilia na formação técnica de jovens da comunidade ajudando em sua  inserção no mercado de trabalho, e o Walk and Talk foi lá mais uma vez para dar uma mão …

Sempre tivemos a equação motivação X desenvolvimento de talentos como coração de nossa pesquisa ao redor do Mundo. Pessoas que desenvolvem seus talentos são mais motivadas que as demais?! Essa premissa também pode ser vista em outras culturas e continentes?! Foi por isso que decidimos, através do Walk and Talk, procurar essas respostas.

Quando saímos do Brasil nossa idéia era montar, à partir das respostas colhidas nos 28 países que visitamos, uma palestra focada no mercado corporativo. A missão seria gerar uma reflexão saudável dos profissionais sobre o desenvolvimento de seus talentos e habilidades, bem como trabalhar os principais fatores de motivação apontados na pesquisa e de fato temos trabalhado nisso desde que chegamos. Ao mesmo tempo, durante a viagem, pintou uma vontade muito grande de gerar essa reflexão junto aos jovens em idade de escolher seu futuro profissional. Pra nós foi como um estalo … é lógico que a reflexão sobre talentos e habilidades seria de grande valia para esse público. Decidimos então estender nossas ações para os pré-universitários.

Logo na nossa chegada ao Brasil, a Fundação Julita nos deu de presente a possibilidade dessa comprovação. Quase 100 jovens responderam super bem ao nosso workshop, que promoveu diversas ações individuais e coletivas seguidas de um fechamento com chave de ouro dos projetos feitos em grupo. Tenho que confessar que ficamos extremamente surpresos com os resultados da turma. A capacidade de reconhecer e aplicar talentos de formas criativas e inovadoras excedeu qualquer expectativa, nos pareceu inclusive que essa é uma tônica presente na nova geração.

Ensinamos, aprendemos … aprendemos e ensinamos numa ciranda orgânica de conhecimento. Bebemos na fonte daquilo que aprendemos ao longo dos mais de 2 anos de viagem, no estudo da civilização helênica; que é base do nosso projeto e do próprio conhecimento intrínseco de cada jovem ali presente.

Não podíamos deixar de perguntar suas motivações e algo que vai alegrar muito as mães, é que a figura materna foi citada como grande fonte de motivação e inspiração por uma boa parcela do grupo. Disseram que a garra, a força, a ética, a confiança e a amizade que ter com suas mães, não só os motivam como são inspiração para formação do caráter de cada um.

E assim vamos cumprindo nosso propósito …

...

Comments are closed.