Walk and Talk | O que te motiva?

A espetacular Singapura | Matéria para Revista Rota Leste

Rota Leste Singapura 1

Sabe aquelas cidades que quando você chega diz: “Meu Deus, isso existe mesmo?!”

Assim é Singapura, uma pequena-notável-encatadora-moderna-verde cidade-Estado, destino obrigatório para quem embarca para o sudeste asiático.

Rota Leste Singapura 2
As maravilhas começam ao pisar no Changi Airport, um dos maiores e mais modernos aeroportos do mundo. A infra-estrutura impressiona. Para se ter uma idéia, a qualidade e satisfação de todos os serviços do aeroporto são avaliadas pelo público e monitoradas eletronicamente, o que garante parte da excelência nos produtos e serviços. Changi proporciona uma enorme área de descanso e relaxamento dos passageiros com direito à jardim tropical, cascata, espreguiçadeiras, massageadores para os pés e corpo, cadeiras reclináveis e música lounge. Quando passamos por lá uma enorme instalação de flores e orquídeas raras estava em exibição, assim como um imenso dragão coberto por flores e folhas em homenagem ao ano do dragão chinês. Changi Airport nos deu um panorama do que seria nossa experiência na cidade…

Ao sair do aeroporto à caminho do centro, muitas cenas enchem os olhos: os jardins abundantes, construções modernas, avenidas arborizadas e a diversidade cultural latente em cada esquina. Um conjunto visual que já faz valer a primeira volta pela cidade, que depois aprendemos ser melhor degustada à pé com ajuda da moderna rede de metrô.

Rota Leste Singapura  3
Singapura é berço de chineses, indianos e malaios que consigo trouxeram sua expressão cultural, artística, seus sabores, cores e religiões. O budismo, taoismo, hinduísmo e islamismo coexistem pacificamente, cooperando para o lema de paz e liberdade propostos pelo Estado. Só em Singapura é possível participar de um casamento indiano, na saída se deliciar com um noodle chinês e fotografar uma mesquita ou conhecer as relíquias de Buda, em seguida comprar sarongues indianos e provar da culinária árabe em um curto espaço de tempo. Apesar dos bairros Little India, Chinatown e Kampong Glam – o distrito árabe, serem bem marcados, tudo acaba sendo tão diverso quanto próximo, o que traz vivências e experiências únicas e confere um encantamento especial para a cidade. Todos valem a visita, com destaque para para o Little India e Chinatown.

Para contrapor toda a tradição dos bairros típicos, depontam no horizonte modernos bairros, grandes centros corporativos, a zona turística da Marina Bay e o Boat Quay com seus piers, bares e restaurantes. Não dá pra deixar de falar dos inúmeros parques e jardins espalhados por toda a cidade, aliás, uma das mais verdes que vimos na Volta ao Mundo. Com destaque ao Gardens by the Bay, ao Botanic Garden e Japanese and Chinese Garden, Fort Kenning Park, entre outras maravilhas. Os museus são mais um ponto alto, o ArtScience Museum e o Buddha Tooth Relic Temple and Museum não podem ficar fora da lista de atrações. O que se tem de mais moderno e luxuoso no planeta está em Singapura, desde universidades, restaurantes, hotelaria, shoppings, instalações artísticas, construções…

Rota Leste Singapura 4
Ao projetar qualquer empreendimento, arquitetos e engenheiros pensam na estética, funcionalidade e segurança de suas construções, mas nem sempre levam em conta o entorno, ou seja, como suas obras devem interagir e compor harmonicamente com o restante da cidade. Em Singapura, as construções e atrações ao redor da Marina Bay foram projetadas para criar uma paisagem proporcional e artística aos que transitam nessa importante área turística da cidade. Grandiosidade, forma e estilo são levados em conta para que o cenário, quase surreal, seja mais um atrativo aos visitantes da ilha. As intenções não são meramente estéticas, também servem para mostrar a força da economia, a capacidade de executar projetos ousados e um talento especial para organização.

Na área da Marina Bay, onde está localizado o famoso hotel e cassino Marina Bay Sands – conhecido por sua exótica arquitetura e suas enormes piscinas de fundo infinito nas alturas, também acontecem diversas intervenções artísticas, esportivas e culturais durante todo o ano. Em nossa passagem pela cidade tivemos a sorte de vivenciar o “Festival das Luzes” com diversas instalações super interessantes e interativas. O objetivo do governo é surpreender, proporcionando experiências diversas e peculiares, o que certamente estimula o retorno dos turistas ao destino. Aliás, para aqueles que acham que Singapura é apenas um hub para outros pontos da Ásia, é muito mais do que isso, compõe um universo à parte que merece tempo e atenção.

Rota Leste Singapura 5
A história de Singapura é bastante recente, tornou-se independente da Malásia em 1965, que por sua vez até 1963 estava sob a égide do Reino Unido. O interessante é que hoje, se comparada com Kuala Lumpur – capital da Malásia, Singapura está anos-luz à frente, deixando a capital da Malásia com ares de província. Apesar da recente independência, a cidade-Estado coleciona títulos e qualidades que poucos lugares do mundo abraçam em um só lugar. É um dos Tigres Asiáticos, possui um dos maiores centros financeiros e um dos portos mais movimentados do mundo, é também o terceiro centro de refinação de petróleo, e foi considerada pelo Banco Mundial como um dos melhores lugares para se fazer negócios no mundo. Tem uma das maiores rendas per capta do planeta e faz parte da Commonwealth. Calma que ainda tem mais! É o país menos corrupto da Ásia e está entre os 10 menos corruptos do mundo. Com todas essas qualidades somadas Singapura resulta em um modelo que deveria ser repensado para inspirar a melhoria de outros lugares no planeta.

Como foi colônia britânica durante muitos anos, a língua oficial de Singapura é o inglês, o que facilita os negócios e o turismo no local. A cidade é bastante estruturada para receber à nós turistas, facilitando as experiências na cidade, sem contar a educação e disponibilidade da população; sempre pronta para prestar a ajuda necessária. Visitar Singapura é como visitar vários lugares e saborear diversas culturas do mundo em um só lugar. Ao longo do nosso projeto Walk and Talk voltamos mais de uma vez ao destino e temos que confessar que ficamos bastante instigados à passar um tempo mais longo, quem sabe viver por um período por lá. Singapura realmente nos impressionou e sem dúvida está entre nossas maiores dicas para os futuros viajantes.

Por Luah Galvão | Fotos Danilo España

Rota Leste Singapura 6

Foto: Shutterstock (Quando passamos por Singapura essa obra ainda não estava concluída)

...

Comments are closed.