10441970_751202714902712_6723621368624407387_n

Para Amparo, todo espanhol já nasce com a tradição de percorrer o caminho pulsando nas veias. Pra ela, o momento do “chamado” é que será diferente para cada um. Quando mais jovem passou uma semana de férias com amigos percorrendo de carro alguns dos pontos do caminho francês, mas como a diversão foi o tom da viagem, Amparo afirmou que não valeu… Agora sim sentia-se fazendo o caminho pela primeira vez.

O engraçado é que tínhamos trocado algumas palavras com ela na estação de ônibus de Pamplona indo para Roncesvalles e quando terminamos nossa primeira etapa e saímos para jantar em Zubiri, lá estava ela na mesa ao lado…

Já fazia muito tempo que estava planejando fazer o percurso, mas como cuida de sua mãe desde os 30 anos, só agora conseguiu que uma irmã assumisse a responsabilidade pra ela vir. O mais interessante é que seu filho, quando viu Amparo se preparando, resolveu caminhar também. Depois de tantos anos de espera, a sincronicidade da vida colocou mãe e filho no caminho do auto-conhecimento. Ele saiu 13 dias antes da mãe, e estava reportando diariamente suas experiências dando dicas para Amparo. Deu pra notar que ela estava radiante com essa “coincidência” familiar, pois sabe que na volta, as duas novas pessoas vão ter muito pra compartilhar!!

Não vamos mais esquecer do abraço apertado e dos olhos amarelados… lindos, dessa peregrina que cruzou nosso caminho.

No Comment

Comments are closed.

You may also like