Hoje a gente vai falar sobre Ana e Gastón, um casal de argentinos super especiais que conhecemos no interior da Guatemala. Apesar da história ter se passado durante a Volta ao Mundo, ainda não havíamos escrito sobre ela, mas como tem tudo a ver com nosso momento LovTalks…

Quando nos conhecemos, eles já estavam viajando pela América Latina havia mais de 6 meses. Os dois largaram tudo e saíram em busca dos sonhos. Partiram de Buenos Aires deixando tudo pra trás: casa, família, amigos e emprego. E tudo começou assim…

Gastón, um cara figuraça do tipo que escuta mais do que fala. É daquelas figuras tranquilas, mas que de vez em quando soltam pérolas engraçadíssimas. Trabalhava auditando contas de diplomatas argentinos. Com isso viajava bastante, mas apesar de curtir seus momentos trabalhando em outros países, sentia a necessidade de viajar por si só – queria ser o dono do próprio tempo. A ideia de fazer um grande mochilão e largar tudo era um sonho que ficou muito tempo no campo das ideias, sempre postergado com a justificativa de que “aquele” não era o melhor momento. Um dia percebeu que se continuasse esperando o “momento certo”, o sonho nunca aconteceria. E na viagem sonhada ainda havia mais um ingrediente… Gastón sempre se sentiu atraído por culturas ancestrais do continente americano. Ele queria entrar em contato com a bagagem espiritual dos povos nativos, para que pudesse entender e desenvolver sua própria espiritualidade.

Ana, outra figurinha carimbada, de risada gostosa e olhar profundo, nos contou que quando colocou pela primeira vez uma mochila nas costas para ir com um grupo de amigas ao Perú e Bolívia, sentiu que essa maneira de viajar a encantava. Na cidade grande trabalhava em uma empresa no ramo de beleza, mas sentia que o peso da rotina estava cada dia mais difícil de aguentar. E uma pergunta martelava sua cabeça sem parar: “Quem sou?”. Queria conhecer mais sobre si mesma.

O cenário era perfeito para que os dois começassem a desenhar seu plano de fuga. Ana, estava mais “pé no chão”, considerava a possibilidade viajar por 6 meses e depois voltar para o emprego que tinha. Chegou inclusive a fazer um acordo com a empresa para que pudesse ser recontratada na volta. Como era uma ótima profissional, concordaram.

Ana e Gastón, tinham objetivos e motivos diferentes para se lançarem nessa longa jornada pelo continente americano, mas ambos queriam descobrir quem realmente eram e qual seria o sentido de suas vidas. Se programaram, economizaram por mais de um ano e partiram.

Quando nos encontramos a afinidade foi imediata. Viajamos por mais de um mês entre a Guatemala e o México, passamos por muitas coisas juntos e a amizade segue até hoje.

Pra resumir a história, depois de viverem experiências incríveis por quase 2 anos, voltaram para Buenos Aires e sentiram que não pertenciam mais àquele lugar. A mudança tinha sido enorme. A família que achou que eles tinham voltado para ficar, teve que se despedir mais uma vez, pois Ana e Gastón decidiram ficar mais próximos da natureza. A cidade escolhida foi Capilla del Monte no interior do país.

Hoje dão muito mais valor para as coisas simples e essenciais da vida, respeitam o que aprenderam em suas jornadas e tem uma nova maneira de enxergar as coisas. Esse processo de transformação mudou até a alimentação, viraram vegetarianos e se aproximaram da permacultura. Engraçado lembrar que em um dos nossos primeiros jantares, eles pilotaram um belo churrasco e nós a caipirinha! Acho que foi um dos últimos pedaços de carne que comeram… pra ser sincera, também não somos mais fãs de carne vermelha.

Admiramos os dois pela coragem de se tornar quem realmente são e de assumir um estilo de vida mais alinhado e coerente com as suas novas crenças. Ainda se consideram em fase de transição, pois mudanças sempre geram dúvidas e inseguranças, mas eles seguem com fé em suas escolhas, acreditando em seu coração.

Faz poucos meses a Lupe nasceu. Nossa sobrinha linda chegou para iluminar a vida dos nossos amigos buscadores de sonhos. Pessoas que seguem amando cada passo em busca de sua própria felicidade, vivendo o amor entre família e no lugar que escolheram como seu.

No Comment

Comments are closed.

You may also like