Essas fotos foram tiradas durante a Volta ao Mundo, na saída de uma escolinha pública no Laos. Estávamos passando quando resolvemos interagir com a moçadinha. Ficamos alí por quase 1 hora enquanto as mães chegavam para buscá-las. O tempo passou voando e mesmo sem nenhuma palavra trocada, brincamos de muitas coisas. Nos divertimos, rimos e participamos intensamente de todo o universo lúdico que aquela hora nos presenteou. Fomos pra casa de alma lavada, de peito aberto e com saudade dos anos da infância que apesar de não voltarem mais, podem ser recriados a qualquer momento.

Engraçado como as crianças, seja em que canto do mundo for, não precisam de uma mesma língua ou dialeto para se comunicar. Basta um olhar sincero, afetuoso e a conexão ultrapassa quaisquer palavras ou alfabeto. Muitas vezes, até por não saberem da existência de outras raças, credos e culturas, simplesmente não percebem as diferenças, e sendo assim, não vêem obstáculos para uma aproximação, troca ou amor. As crianças vivem intensamente e compartilham energia livremente com quem sentem afinidade. Simples assim…

Os pequenos são movidas pela verdade, por seus corações e estão presentes no mais presente momento da vida. Bom demais ser criança!

Fica aqui nossa homenagem na semana do dia das crianças.

No Comment

Comments are closed.

You may also like