Esses dias cruzando de Frómista para Carrión de los Condes, vimos de longe esse rebanho de ovelhas. Ficamos torcendo pra que não desviassem da nossa direção pra que a gente pudesse ver as ovelhas de perto… um encontro nada usual pra quem vive a vida de cidades grandes!! Tocando o rebanho estava Fernando, um senhor amável com olhar sereno que de cara nos perguntou:

-“Adivinhem quantas ovelhas tenho aqui comigo?!”

-“Cem?!!”, chutamos nós…

E vaidoso ele respondeu:

-“Não, são 300!!!! Trezentas ovelhas que todos os dias dos últimos 35 anos da minha vida eu levo pra passear!! Elas só andam se eu for junto, só comem se eu estiver junto!! Enquanto vocês andam até Santiago, faço minhas andanças aqui com meu rebanho. Elas são minha vida, minha maneira de peregrinar!”

Fernando todos os dias “peregrina” durante aproximadamente 4 horas e leva junto um pequeno cão que ajuda a tocar o rebanho adiante.

Nos contou que não vende as ovelhas e sim seu leite para a produção de queijos. Uma outra forma de monetizar é vendendo filhotes para outros produtores de leite, pois um rebanho maior que esse seria bem difícil de tocar.

E quando pensamos que só os que fazem o Caminho peregrinam, encontramos exemplos como Fernando, que fazem da vida sua maior fonte de peregrinação.

Fora o papo entusiasta foi bom demais estar no meio de ovelhas e mais ovelhas – cena de filme!! Bravo Camino!!!!!!!

Ultreya!!

231 Response Comments

Leave A Comment

Please enter your name. Please enter an valid email address. Please enter message.

You may also like